Por que um registro de gêmeos?

Os gêmeos são capazes de ajudar os pesquisadores a estudar o impacto de fatores genéticos e ambientais sobre a saúde, melhorando nossa compreensão sobre o tratamento e a prevenção de doenças.

Por isso, a contribuição dos gêmeos para pesquisas na área biomédica e de saúde pública tem se realizado de forma extensiva em diversos países.

Visão Geral

Nossa visão é atingir o pleno potencial de pesquisas envolvendo gêmeos para melhorar a saúde e a qualidade de vida de todos os brasileiros.

O Registro Brasileiro de Gêmeos

O Registro Brasileiro de Gêmeos (RBG) é um projeto de pesquisa que busca facilitar e apoiar o desenvolvimento, no Brasil, de pesquisas científicas que envolvem a participação de irmãos gêmeos. Para facilitar e fomentar pesquisas científicas com o apoio de gêmeos, o RBG objetiva formar um registro nacional de gêmeos de todos os sexos e idade dispostos a participar de forma voluntária de pesquisas na área da saúde.

Pesquisas com gêmeos utilizam as características genéticas e de desenvolvimento especiais dos gêmeos para estudar questões de saúde e bem-estar relevantes aos gêmeos e a toda a população. O RBG propõe-se, de forma geral, a desempenhar um importante papel no desenvolvimento do conhecimento científico sobre o tratamento e prevenção de doenças, sobre gêmeos e nascimentos múltiplos, e em questões relacionadas à pesquisa genética.

Inicialmente, o RBG está sendo estabelecido pela realização de uma pesquisa sobre a influência da genética e do estilo de vida na dor lombar. Essa pesquisa já foi desenvolvida em gêmeos australianos, e a investigação na população de gêmeos brasileiros poderá nos oferecer importantes conhecimentos sobre a influência genética no desenvolvimento da dor lombar e sobre a interação entre a genética e fatores ambientais (estilo de vida) na determinação dessa condição.

O estabelecimento do RBG e das pesquisas realizadas seguem todas as diretrizes éticas da pesquisa em saúde no Brasil (Comissão Nacional de Ética em Pesquisa - CONEP), sendo a participação dos gêmeos voluntária.

O RBG gerenciará o recrutamento dos gêmeos controlando o número de convites para a participação em pesquisas enviados para cada gêmeo, minimizando importuno potencialmente gerado pelo envio excessivo convites.

Informações individuais dos gêmeos registrados são confidenciais e o armazenamento e proteção dos dados seguem a regulamentação de proteção aos registros e aos dados pessoais (Lei Nº 12.965, DE 23 abril de 2014).